fbpx
Misturador de Mesa 1877 RV210 Linha Prima 210 – Fani
Misturador de Mesa 1877 RV210 Linha Prima 210 – Fani

[Fani Metais] Qual a diferença entre torneiras e misturadores?

Confira as funcionalidades de cada metal e saiba como encontrar o ideal?

Seja ao construir ou reformar, é comum que várias dúvidas apareçam ao longo da execução do projeto, principalmente se você estiver embarcando nesse desafio pela primeira vez.

Estilo da decoração, móveis, revestimentos, acessórios, cores, texturas, entre tantas outras decisões a serem tomadas podem não estar tão claras neste momento e precisam atenção redobrada para evitar dores de cabeça lá na frente.

Para banheiros, lavabos e cozinhas, você terá ainda de decidir qual será a altura da bancada, o modelo de cuba e, principalmente, o tipo de metal. Será uma torneira ou um misturador? Sendo um misturador, ele terá duplo ou monocomando?

Com 34 anos de experiência na fabricação de metais e acessórios, a Fani explica abaixo as diferenças e que fatores você deve levar em conta para escolher ou uma torneira ou um misturador para sua casa. Confira:

Qual a diferença entre torneiras e misturadores?

A principal diferença entre torneiras e misturadores está na possibilidade de misturar a água quente e fria, ajustando-a ao gosto e à necessidade dos moradores no uso. Os misturadores, como o nome sugere, permitem essa combinação a partir de metais com duplo comando (dois volantes) ou monocomando (volante único). Já as torneiras são de uso único: agua fria ou quente.

No entanto, essa decisão por um ou pelo outro não deve se basear unicamente nessa diferença: tenha em mente que a infraestrutura disponível no ambiente, as necessidades dos moradores, funcionalidades e até mesmo o design e a cor de cada modelo devem ser considerados na hora da compra.

Por somente oferecerem água quente ou fria, as torneiras convencionais possuem menos acessórios para instalação, demandam uma infra mais simples e ocupam menos espaço de bancada.

É a escolha mais segura para quando não há sistema de aquecimento da água na casa, tornando sem sentido o uso de misturadores, a menos que você tenha em mente implantar nos próximos anos.

Essas características também fazem com que a torneira apresente, a depender do modelo e do acabamento, um valor um pouco menor e tenha a instalação um pouco mais fácil e rápida do que quando comparada aos misturadores.

A possibilidade de ajustar a temperatura da água ao seu gosto e necessidade faz com que os misturadores sejam mais versáteis e ofereçam mais conforto no cotidiano – especialmente para lavar as mãos, louças e alimentos durante o inverno.

Para utilizar corretamente a funcionalidade desses modelos, no entanto, é necessário contar com um sistema de aquecimento, o que pode demandar algumas intervenções no projeto.

O que é um misturador monocomando?

Outro ponto que deve ser analisado na hora de adquirir um misturador é definir qual e como será o controle da mistura entre a água quente e a fria, que pode ser feita por meio de modelos com duplo ou monocomando.

Os monocomandos apresentam um visual mais clean, similar ao das torneiras, já que contam somente com um volante para proporcionar um ajuste mais confortável da temperatura: basta variá-lo entre os extremos de quente e frio.

Já os modelos com duplo comando contam com dois volantes separados mais interligados, fazendo variar a mistura entre a água quente e a fria conforme vai se abrindo ou fechando o fluxo da água nesses volantes. Isso torna o processo de encontrar a temperatura certa um pouco mais “manual”, digamos assim.

Outra dica importante tanto para torneiras quanto para misturadores é ficar atento à indicação de uso para banheiros ou cozinhas, pois assim você vai conseguir explorar todas as características do produto e manter a praticidade no uso diário.

Fani Metais e Acessórios

Acompanhe-nos também nas redes sociais: